quarta-feira, 17 agosto, 2022

Exibição de documentário marcou o encerramento do Projeto de Desenvolvimento do Território Quilombo de Corcovado

#LeiAldirBlanc – Após pré-estreia em comunidade, filme “Quilombo de Corcovado, Ancestralidade” é lançado ao público

ConteúdoCultura#LeiAldirBlanc – Após pré-estreia em comunidade, filme “Quilombo de Corcovado, Ancestralidade” é...

#LeiAldirBlanc – Após pré-estreia em comunidade, filme “Quilombo de Corcovado, Ancestralidade” é lançado ao público

Exibição de documentário marcou o encerramento do Projeto de Desenvolvimento do Território Quilombo de Corcovado

Reunidos para assistir ao trabalho feito na comunidade

Uma celebração em homenagem à preservação da memória e das tradições culturais de uma das mais expressivas comunidades quilombolas da Chapada Diamantina. Assim pode ser definida a cerimônia de encerramento do Projeto de Desenvolvimento do Território de Corcovado, realizada nesta quinta, 10/6, ocasião em que o cineasta Rafael Lage projetou na parede da Igreja Irmã Dulce dos Pobres o filme de sua autoria Quilombo de Corcovado, Ancestralidade.



A partir imagens captadas ao longo de três meses de convivência com a comunidade situada no município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, Rafael Lage tece uma narrativa sensível e ao mesmo tempo contundente sobre a resistência dos moradores para superar as adversidades impostas pelo isolamento e ostracismo a que foram historicamente relegados. “Para mim foi uma honra poder ter acompanhado a história de vocês, foi um prazer, uma alegria muito grande”, declarou o autor, que além da direção, edição e roteiro do documentário também foi responsável pelas oficinas de foto e vídeo do Projeto voltadas aos jovens e adolescentes da comunidade.

Rafael Lage, autor do documentário

“Gostaria de agradecer a Rafael pelo lindo vídeo. A gente sabe que tem uma comunidade rica, de coisas belas, mas você ajudou mais ainda a enxergar melhor e valorizar a nossa comunidade. Já passamos por muitas dificuldades, muitos preconceitos e a gente supera dessa forma: vendo que a gente também tem uma bela história”, retribuiu a presidente da Associação da Comunidade Quilombola de Corcovado, Vilma Novais.

O Corcovado é reconhecido como uma comunidade remanescente de quilombo pela Fundação Palmares desde 2007, mas os direitos fundamentais como acesso à água e energia elétrica só foram conquistados a partir da organização da comunidade em torno da Associação, fundada no ano seguinte. Situado a 12 km de distância da sede do município de Palmeiras, o Corcovado ainda luta contra o isolamento e o abandono do poder público. A única via de acesso a serviços essenciais, como escola, posto de saúde, farmácia e mercados, é uma estrada sem pavimentação que passa pelo lixão da cidade e não dispõe de linha regular de transporte. Esta é a história que ganhou em Ancestralidade um registro histórico. 

Além do documentário, também foram entregues à comunidade no encerramento do Projeto a  pesquisa sociológica “Saberes, territorialidade e cultura: A história, o samba-chula e o trabalho na comunidade quilombola do Corcovado, Palmeiras-BA”, e a linha do tempo da história da comunidade, ambas de autoria de Ana Júlia Sateles, graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Sergipe e já publicadas no blog oficial da Associação.

“Os projetos são importantes, mas precisam estar abrigados no âmbito da associação e da comunidade. É o Corcovado que precisa ser enaltecido e fortalecido”, explicou a coordenadora do Projeto, Milena Velloso.

Milena Velloso, coordenadora do Projeto

Geração de renda, requalificação da produção culinár­­­ia, fortalecimento do artesanato e promoção da inclusão digital estão entre os outros benefícios alcançados pelo Projeto de Desenvolvimento do Território Quilombo de Corcovado, que tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias – CCPI, (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Ascom Projeto de Desenvolvimento do Território Quilombo de Corcovado

*Texto de Aurelio Nunes

Conheça mais sobre o projeto aqui

close
Portal Vale do Capão
Portal Vale do Capão
A vitrine virtual do Vale do Capão! Apoie o Portal fazendo uma doação de qualquer valor via PIX. Chave (CNPJ): 43518009000100
- anúncio patrocinado -
- anúncio patrocinado -
Morro Branco_banner
Um lugar para estar...
Morro Branco_banner
Um lugar para amar...
Morro Branco_banner
Um lugar para acreditar...

Relacionado

Festival Gastronômico do Capão realiza ciclo de qualificação para os restaurantes participantes

O Vale dos Sabores - Festival Gastronômico do Capão só acontece de 26 a 31 de julho, mas as atividades voltadas para os restaurantes participantes já começaram! Após a consultoria da Chef Rosa Gonçalves para a criação dos pratos do evento, chegou a vez das oficinas de qualificação.

Espetáculo premiado “O Salto” se apresenta em Mucugê e Souto Soares

A aramista, performer e atriz Ninha Almeida, mal chegou no Vale do Capão, trazendo na mala o troféu de atriz revelação 28o Braskem de Teatro e já se prepara para colocar o pé na estrada novamente. Ela apresenta nos dias 03 e 04 de junho em Mucugê e nos dias 10 e 11 em Souto Soares, ambas cidades da Chapada Diamantina.

Senhora Kali: Nossos lenços aos Vossos pés

A nossa União provém de vivermos através dos tempos, de inúmeras andanças, idas e vindas, aprendendo maneiras de viver, de cuidar e nos relacionar com os reinos da natureza. Aguçamos a sensibilidade, com a arte e devoção que nos faz mover.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

Atenção! Comentários ofensivos, palavras de baixo calão ou que ofendam a conduta, moral e ética profissional serão excluídos. Agradecemos a compreensão.
- anúncio patrocinado -
Bistrô na Pousada do Capão
Anuncie nas nossas redes sociais
Cozinha Criativa
Restaurante Candeia

Veja Também

- anúncio patrocinado -

No Vale do Capão

- anúncio patrocinado -
- anúncio patrocinado -

- em destaque -