quinta-feira, 30 junho, 2022

Poema de Rumi

Poema de Rumi

Alguém alega ter evidências de que você não existe.
Você é aquele quem trouxe a evidência a público,
e também é a própria evidência.

Você habita o maior medo da alma,
cada pequeno prazer e cada vício degradante.

Alguém ama alguma coisa, e outro odeia a mesma coisa…
Lá está você.
Quer desejem ou não: poder político, injustiça, posses materiais;
estes são o seu manuscrito, a caligrafia que estudamos.

Corpo, alma e sombra.
Sejam gestos imprudentes ou cuidadosos,
você é o que realizamos.

É absurdo pedir o seu perdão.
Você vive dentro do arrependimento e do pecado!
A maravilha de inúmeras joias, ágatas e esmeraldas.

Seja como estejamos ao dia ou pela noite,
você é tais humores, e também a pura compaixão que sentimos
um pelo outro.

Cada acampamento possui uma tenda
onde reside o líder, e também a grande verdade
de sua tenda imperial armada sobre o mundo.

(Rumi)

close

Olá! 👋
Não perca nosso conteúdo!

Inscreva-se para receber quinzenalmente notícias e artigos do Portal Vale do Capão no seu email.

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Flavio Fucs
Flavio Fucs
"Poeta sou cumpro meu Fado . Como o dum santo ou dum louco . Só posso dar demais ou muito pouco . Que é tudo quando tenho ." José Régio
- anúncio patrocinado -

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

- anúncio patrocinado -
- anúncio -
Bistrô na Pousada do Capão
Anuncie nas nossas redes sociais
Cozinha Criativa
Restaurante Candeia

Mais da Coluna

Veja Também

- anúncio -
- anúncio -
Morro Branco_banner
Um lugar para estar...
Morro Branco_banner
Um lugar para amar...
Morro Branco_banner
Um lugar para acreditar...

- em destaque -