domingo, 3 março, 2024

Artistas do Capão celebram liberação para eventos com até 100 pessoas

ConteúdoNotíciasArtistas do Capão celebram liberação para eventos com até 100 pessoas

Artistas do Capão celebram liberação para eventos com até 100 pessoas

Os artistas do Vale do Capão celebraram a decisão da Prefeitura de Palmeiras de permitir a realização de eventos culturais em áreas abertas com até 100 pessoas. A decisão publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 17, revoga dispositivo do decreto 031/2022, de 10/02, que proibia a realização de qualquer atividade artística no município entre os dias 17 de fevereiro e 10 de março.

A decisão foi celebrada pelos artistas. “Essa mudança na postura da prefeitura foi, em boa parte, fruto da organização de musicistas, artistas e produtores culturais que estavam tendo sua subsistência ameaçada pela impossibilidade de trabalhar e obter renda durante a vigência do decreto 031”, diz trecho da carta assinada pelo Coletivo de Musicistas do Capão.

“Aproveitamos a oportunidade para chamar todos e todas que vivem de arte e cultura no município de Palmeiras para seguirmos nos organizando e aproveitarmos dessa primeira conquista para que possamos encaminhar outras demandas como a criação de um calendário cultural e de uma política de fomento a cultura no município de Palmeiras”.

Na segunda-feira, 14, um grupo de 25 artistas do Vale do Capão realizou uma manifestação em Palmeiras. Vestidos de preto e munidos de faixas e cartazes, os manifestantes percorreram as principais ruas da sede do município gritando palavras de ordem contra o projeto a restrição da atividade da categoria.

Em Carta Aberta à Prefeitura de Palmeiras, o Coletivo de Musicistas do Vale do Capão; a Acomtuv Associação Comercial do Turismo do Vale do Capão, os Artistas Circenses e Dançarinos do Vale do Capão e os Produtores Culturais do Vale do Capão reivindicavam a permissão de eventos para até 200 pessoas em espaços abertos com os protocolos sanitários vigentes dentro do contexto da pandemia, ou seja, com distanciamento social e utilização de máscaras. Caso o decreto não fosse modificado, a categoria solicitava a disponibilidade de auxílio para os trabalhadores da cultura.

Aurelio Nunes
Aurelio Nunes
Jornalista de profissão, palmeirense de coração, morador do Vale do Capão
- anúncio patrocinado -
- anúncio patrocinado -
Morro Branco_banner
Um lugar para estar...
Morro Branco_banner
Um lugar para amar...
Morro Branco_banner
Um lugar para acreditar...

Relacionado

2 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

Atenção! Comentários ofensivos, palavras de baixo calão ou que ofendam a conduta, moral e ética profissional serão excluídos. Agradecemos a compreensão.
- anúncio patrocinado -
Bistrô na Pousada do Capão
Anuncie nas nossas redes sociais
Cozinha Criativa
Restaurante Candeia

Veja Também

- anúncio patrocinado -

No Vale do Capão

- anúncio patrocinado -
- anúncio patrocinado -

- em destaque -