sábado, 2 março, 2024

As 4 Estrelas Guardiãs do Planeta

InícioVozes do ValeAs 4 Estrelas Guardiãs do Planeta

As 4 Estrelas Guardiãs do Planeta

Continuando o tema das Estrelas Fixas, e, em particular, das 4 estrelas reais dos estudos dos astrólogos Persas, chamadas de as Guardiãs dos Portais.

Vou falar novamente sobre a Aldebaran, que mencionei na publicação anterior, para se ter uma melhor compreensão.

A primeira estrela, ALDEBARAN: o olho da revelação, aquela que segue as Plêiades, as setes “hermanitas” que choram, as Atlânticas.

Aldebaran a líder das Estrelas,a estrela do Buda, da iluminação. Também conhecida como a estrela dos alquimistas, que faziam seus unguentos, sortilégios e alquimia sobre a proteção dessa estrela, no no intuito de conquistar sucesso, riqueza e honras.

A segunda estrela, ANTARES: de natureza Marciana segundo Ptolomeu, onde o próprio nome já lhe expõem, anti-ares, contra Áries, rival de Marte. De cor avermelhada, personifica os inimigos, sejam eles quem for. No mapa, indica força, coragem, perseverança e espírito belicoso. Mas também pode nos revelar as provocações e os provocadores, a precipitação da discórdia e até o fanatismo violento.

A terceira estrela, REGULUS: de natureza Marte e Júpiter segundo Ptolomeu, pode significar honras militares, grandiosidade, ambição e os verdadeiros amantes do poder, desejosos de comando.

E a quarta estrela, FORMALHAUT: de acordo com Ptolomeu de natureza de Mercúrio e Vênus. Indica pessoas humanitárias, poéticas, que possuem bondade, caridade e abnegação. A partir daí, costumam encontrar sucesso através de suas ideias nobres, seus sonhos e realizações. Por isso presente com relevância nos mapas dos poetas e artistas. Como tudo tem sua luz e sombra, esta estrela é capaz de representar a loucura e fazer com que alguém atravesse as sombras, os medos e dificuldades para compreender o mais profundo e misterioso sentido da vida. Os loucos visionários.

Essas estrelas. se colocados com destaque em um mapa nos seus ângulos principais, como Ascendente, meio do Céu, fundo do Céu ou Descendente, bem como com o Sol , a Lua ou algum planeta pessoal, pode trazer muita clareza para o entendimento de um mapa, de um momento que se vive, de um acontecimento ou de algo acontecendo em uma geração.

Chamar a atenção para as Estrelas Fixas, é meu intento para fazer uma ponte para o conhecimento antigo, dos Atlantes, dos Persas, dos Árabes, dos Fenícios , dos Hindus e de outros povos da Antiguidade. Conectando-o com uma astrologia de visão aberta, cósmica, mas, ao mesmo tempo, baseada nos antigos conhecimentos e na Grande Sabedoria.

Jorge Seixas
Jorge Seixas
Jorge seixas pratica e vive a Astrologia Esotérica a mais de 25 anos, oriundo dos movimentos sociais e políticos. Vivencia a espiritualidade na linha de Mestre Irineu e Babaji. Morador do Vale do Capão há mais de 15 anos.
- anúncio patrocinado -

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

- anúncio patrocinado -
- anúncio -
Bistrô na Pousada do Capão
Anuncie nas nossas redes sociais
Cozinha Criativa
Restaurante Candeia

Mais da Coluna

Os Nós da Lua e a alma da humanidade

Em um mapa astrológico existem dois pontos que trazem informações sobre nosso destino. São dois lugares do céu, mais exatamente os pontos a onde a órbita da Lua em torno da terra cruza o trajeto aparente do Sol, chamado de eclíptica.

Astrologia e a comunidade do Vale do Capão

Lendo a bonita matéria do irmão Flavio Fucs no Portal do Vale, sobre o encontro no Rufino da escola e a comunidade, tive a ideia de fazer a minha matéria na sequência da dele, na continuidade.

Veja Também

- anúncio -
- anúncio -
Morro Branco_banner
Um lugar para estar...
Morro Branco_banner
Um lugar para amar...
Morro Branco_banner
Um lugar para acreditar...

- em destaque -