terça-feira, 30 novembro, 2021
Mais

    Júpiter em Peixes

    InícioVozes do ValeJúpiter em Peixes

    Júpiter em Peixes

    Júpiter em Peixes – 13/05/21 a 28/07/21
    Júpiter em Aquário – 28/07/21 a 29/12/21
    Júpiter em Peixes – 29/12/21 a 10/05/22

    Júpiter em Peixes


    O planeta conhecido como o grande benéfico traz entre os dias 13 de maio à 28 de julho uma breve passagem sobre o signo de Peixes. Digo breve pois logo no 28 de julho ele retorna ao signo de Aquário. E nessa breve passagem suscita entre os astrólogos e publico ligados à astrologia vários textos e comentários. E gostaria de deixar a minha contribuição aqui para o Portal Vale do Capão.

    Primeiramente é necessário compreender o que representa o planeta Júpiter. Ele traz claramente no seu glifo, que é o desenho que o representa, a pista de sua conexão. No seu desenho representa o crescente da alma que se eleva acima da cruz da matéria, significando o triunfo da alma sobre as experiências terrenas e a consciência livre da ilusão.

    Conhecido com o grande benéfico, ele sinaliza para momentos de sorte, e o impulso da expansão e também de exageros. Fala da sabedoria ou de sua busca. Aonde Júpiter está colocado ou passando, ele favorece a crescimentos, a sorte e entusiasmos. Júpiter nos mostra como tratamos a nossa espiritualidade, a nossa fé e a que nível interagimos com a religiosidade, com as leis e os conhecimentos superiores. Nos remete a filosofia e as grandes ideias. Quando não é usado com sabedoria, tende a levar aos excessos e ao abuso. Júpiter nos fala também das
    viagens e do nosso grau em olhar pelo lado aventureiro e expansivo.

    O signo de Peixes simboliza a sensibilidade, o lado intuitivo e empático, com enormes recursos de imaginação e compaixão. O campo emocional sustenta praticamente tudo na vida dos piscianos, são sonhadores e muito imaginativos. Com isso pode representar a dificuldade de lidar com a realidade do mundo, por isso justifica as ilusões, fantasias que levam a crer e experimentar algo que não é real. Na sua sombra aparece os mártires, se colocando sobrecarregados e com dificuldade de parar de fazer tudo pelos outros. Peixes tem uma representação muito direta com a arte, com a música, cinema e imagens podendo favorecer a
    esse campo ou despertar interesse para esses assuntos.

    E o planeta júpiter no signo de Peixes pode fazer uma expansão nas qualidade e defeitos do signo de Peixes, favorece a maior momento de compaixão e de generosidade. Uma abertura para a fé, religiosidade ou espiritualidade. Um grande poder de imaginação, momentos de acesso ao poder intuitivo e psíquico.

    Trazendo para o momento que vivemos:

    Júpiter em Peixes gera um aumento esperança e aos sonhos e com isso traz expectativa para avanço do processo de cura da pandemia as esperanças nas vacinas ou nos tratamentos que tragam a possibilidade de crescimento individual e coletivos.

    Há uma tendência natural em buscar o campo religiosos com tendências a olhar pra fé, e espiritualidade como um lugar natural de apoio. Traz também a possibilidade de acreditar em fantasias ou em um “salvador da pátria” ou remédios milagrosos.

    Com seus aspectos de sombra há a tendência a buscar atalhos, fugas e com isso um aumento do uso de drogas, bebidas e uso indiscriminado de medicamentos. As soluções mágicas, os falsos profetas surgem muito nessa época, por uma busca mais acentuada desses fatores possibilitando o aparecimento dos enganadores e das formulas magicas.

    Trazem a fé como elemento de crença na solução dos conflitos, nas soluções da pandemias e na naturalização da vida.

    Vale lembrar que intensifica, com sua possibilidade de expansão e exageros nos conflitos religiosos, que se agravam nesses instante como no bombardeio do estado de Israel ao povo Palestino na faixa de gaza. As ações e reações nas guerras religiosas tendem a se acentuar, se extremar, e ao mesmo tempo também sinalizando na esperança da paz, no encontro com a espiritualidade guiando para o restabelecimento da paz e do respeito as posições opostas. Aqui no Brasil talvez uma acentuada disputa entre o fanatismo de algumas correntes religiosas pentecostais e os demais tradições espirituais.

    E no meu desejo pessoal, acredito e espero que netuno traga mais clareza espiritual, melhor orientação e compreensão nesses momentos turvos, confusos e obscuros, clareando a visão diante de um momento carregado pelo negacionismo, pela afirmação da mentira, e pelo desamor diante do sofrimento humano e as milhares de mortes ocorrendo em todo mundo, em especial aqui no Brasil.

    Que os Mistérios representados por Júpiter, o Mestre no signo da compaixão e da
    espiritualidade nos proteja nos traga momentos de crescimento e de paz.

    Jorge Seixas
    Jorge seixas pratica e vive a Astrologia Esotérica a mais de 25 anos, oriundo dos movimentos sociais e políticos. Vivencia a espiritualidade na linha de Mestre Irineu e Babaji. Morador do Vale do Capão há mais de 15 anos.
    - anúncio patrocinado -

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Seu comentário:
    Nome

    - anúncio patrocinado -
    - anúncio -

    Mais da Coluna

    Veja Também

    VALE DO ENCANTO: Conhecimento onde a Prática se torna saber

    Adentramos então, o vale de bosques em pequenas dimensões, Capão nos eons do tempo, na era de aquário, de visão clara e conectada à inteligência universal, e portanto, cheias de Inspirações e Confiança, vibrações próprias do vale da cura.

    O novo ciclo dos Sagitarianos

    No dia 22 entrou o sol em Sagitário, que pertence ao elemento fogo. Sagitário é o terceiro signo de fogo, conhecido como o incendiário, representa o fogo que se espalha e expande, e se não for controlado pode provocar uma tragédia.
    - anúncio -
    - anúncio -

    - em destaque -