terça-feira, 27 fevereiro, 2024

Tempos de Eclipse

InícioVozes do ValeTempos de Eclipse

Tempos de Eclipse

Onde é luz, onde é sombra? Como refletimos sobre elas?

Os acontecimentos astrológicos atuais trazem uma necessidade de reflexão sobre a intensidade do momento de agora no planeta. Onde é Luz, onde é sombra? Como refletimos sobre elas? Isso me remete a uma antiga inquietação.

Os tempos de eclipse sempre foram nas antigas civilizações um momento de profunda observação. A falta da luz trazida pelos eclipses para quem os observa, talvez signifique algo além do temor e da observação. Velhas estruturas vivem quedas, a fronteira entre o Novo e o velho são revistas. Onde há revolução pode haver contrarrevolução. O mundo da utopia é visitado pelo “dragão da maldade”. Tudo que aparenta absoluto pode ser apenas Ilusão. Nada é permanente.

Contudo, nesses tempos estranhos, repete-se a famosa conjunção entre Júpiter e Saturno. A Estrela dos 3 Magos do Oriente. A Estrela de Belém. Anunciou-se a chegada do profeta, o início de uma era. Algo grandioso, importante e muito marcante. Vivíamos tempos de espíritos iluminados. Passagens, Portais?!

O Incognoscível são os Mistérios e as respostas virão. Quem tiver ouvido que Ouça.

Contudo, dizem que esta conjunção também povoou a Idade Média, chamada de idade das Trevas. Sombrios tempos de caça ao Conhecimento, a Sabedoria através do Mal. Lembra-te algo hoje?

Então meus caros, me cabe a lembrar-me de AbraXaS, um deus de significado oculto, as vezes entendível.

Eis o relato de Jung sobre Ele, Abraxas, na sua Obra Hermética “LIBER NOVUS” (livro Vermelho):

Abraxas é um Deus difícil de se conhecer. Seu poder é maior, pois o ser humano não o Vê. Do Sol tira “summum bonum”, do demônio tira o “infimum malum” mas de Abraxas, a vida indeterminada sob todos os aspectos, que é a mãe do bem e do mal.

O poder do Abraxas é duplo. Mas vós não o vedes, pois aos vossos olhos levanta-se o voltar-se um contra o outro desse poder.

Mas Abraxas fala a palavra digna de veneração e maldita, a vida e a morte ao mesmo tempo. Abraxas gera verdade e mentira, o mal e o bem, luz e trevas ao mesmo tempo.

Abraxas gera verdade e gera mentira, o mal e o bem, luz e trevas na mesma palavra e no mesmo ato. Por isso Ele é terrível.

Sim ele é o próprio grande Pã e o pequeno. Ele é Priapo.

Ele é o monstro do submundo, um pólipo com mil braços, enrodilhamento de cobra, fúria.

Ele é o hermafrodita dos tempos imemoriáveis.

Ele é o Senhor dos sapos e rãs que moram nas águas e sobem a terra, que cantam em coro ao meio-dia e a meia-noite.

Ele é o cheio que se une ao vazio. Ele é o coito sagrado. Ele é o amor e seu assassino.

Ele é o Santo e o seu traidor. Ele é a luz mais brilhante do dia e a noite mais profunda da loucura.

Olhar pra ele significa cegueira. Conhecê-lo significa doença. Adorá-lo significa morte

Temê-lo significa sabedoria. Não se opor a ele significa redenção

Este é o terrível Abraxas.

Liber Novus (o livro Vermelho) – Carl Jung

Então talvez hoje possamos meditar e refletir mais sobre a Luz e a Sombra. No meio da Eclipse. Dentro da conjunção de Júpiter e Saturno. Em Aquário. Na Nova Era.

Jorge Seixas
Jorge Seixas
Jorge seixas pratica e vive a Astrologia Esotérica a mais de 25 anos, oriundo dos movimentos sociais e políticos. Vivencia a espiritualidade na linha de Mestre Irineu e Babaji. Morador do Vale do Capão há mais de 15 anos.
- anúncio patrocinado -

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

- anúncio patrocinado -
- anúncio -
Bistrô na Pousada do Capão
Anuncie nas nossas redes sociais
Cozinha Criativa
Restaurante Candeia

Mais da Coluna

Os Nós da Lua e a alma da humanidade

Em um mapa astrológico existem dois pontos que trazem informações sobre nosso destino. São dois lugares do céu, mais exatamente os pontos a onde a órbita da Lua em torno da terra cruza o trajeto aparente do Sol, chamado de eclíptica.

Astrologia e a comunidade do Vale do Capão

Lendo a bonita matéria do irmão Flavio Fucs no Portal do Vale, sobre o encontro no Rufino da escola e a comunidade, tive a ideia de fazer a minha matéria na sequência da dele, na continuidade.

Veja Também

Reunião – Festival CAPÃO IN BLUES

A produção do Festival "CAPÃO IN BLUES" convoca a comunidade para apresentar o projeto que terá sua primeira edição este ano. Vai acontecer o Festival CAPÃO IN BLUES! No dia 05/02, próxima segunda-feira às 19h no salão do Posto de saúde, apareça.
- anúncio -
- anúncio -
Morro Branco_banner
Um lugar para estar...
Morro Branco_banner
Um lugar para amar...
Morro Branco_banner
Um lugar para acreditar...

- em destaque -