quinta-feira, 1 outubro, 2020
29.7 C
Caeté-Açu
- publicidade -
Serviços Artistas Ana Tomich

Ana Tomich

Cantora, percussionista, violonista e educadora musical

Slider

Ana Tomich é mineira e reside na Bahia há 15 anos. Tem formação em Licenciatura em Música e mestrado em Educação Musical (UFBA) e atua como cantora, percussionista, violonista e educadora musical.

Há 17 anos tem se destacado como pandeirista, acompanhando diversos grupos e artistas. Teve a honra de participar do Projeto Minas ao Luar(MG), do Grupo Bantuquerê (MG), de tocar com Elza Soares, de integrar ao grupo de choro de Armandinho Macêdo e de Joatan Nascimento. Participou de diversos grupos compostos somente por mulheres: Banda Fulorrozeira (BA), Samba das Moças (BA) e Trio Fuxiqueiras (BA). Também fez parte do Grupo Botequim(BA) e Choro do Uirapuru(BA).

Em 2014, foi contemplada pelo Edital do Fundo De Cultura/BA, e realizou o show Choro do Uirapuru, Choro Cantado e Contado no Teatro do IRDEB, com o grupo Choro do Uirapuru e o radialista Perfelino Neto.

Atualmente integra ao grupo de Samba Yayá Massemba.

Histórico

Show de Armando Macêdo, em 2015 – Madri
Choro do Uirapuru no Teatro IRDEB – 2014
Samba das Moças – Part. Alcione 2011
Samba das Moças – carnaval 2011
Trio Fuxiqueiras – 2013
Oficina de percussão/Samba – 2018
Yayá Massemba – festival de Jazz 2019

Endereço

Rua da Harmonia, S/N

Email

[email protected]

Whatsapp

Redes Sociais

Slider

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu comentário:
Nome

Mais lidas

Moradores do Vale do Capão manifestam repúdio a Prefeitura de Palmeiras

Moradores do Vale do Capão durante reunião aberta convocada pelo Conselho de Gestão do Capão (CGC), neste sábado (19), manifestaram repúdio a decisão da Prefeitura de Palmeiras de substituir a barreira restritiva por uma barreira sanitária, ressaltando a indiferença e desrespeito do prefeito Ricardo Guimarães (PSD) com o Vale do Capão.

Comissão de Gestão do Capão (CGC) propõe diálogo sobre reabertura do Vale do Capão

Na manhã deste sábado (15), o Rufino Rocha sediou um encontro entre os representantes dos diversos coletivos e instituições do Vale do Capão sobre a possibilidade de reabertura do turismo.

Associações e coletivos do Vale do Capão se mobilizam para diálogo junto a Prefeitura de Palmeiras por uma reabertura ao turismo com protocolos adequados

Na tentativa de implementar uma reabertura gradual, consciente e construída em conjunto à população, representantes de associações e coletivos do Vale do Capão dialogam junto a Prefeitura de Palmeiras em busca de uma retomada do turismo com protocolos de segurança adequados, conforme as necessidades e particularidades locais.