terça-feira, 30 novembro, 2021
Mais

    Jorge Seixas

    Jorge Seixas

    Jorge seixas pratica e vive a Astrologia Esotérica a mais de 25 anos, oriundo dos movimentos sociais e políticos. Vivencia a espiritualidade na linha de Mestre Irineu e Babaji. Morador do Vale do Capão há mais de 15 anos.

    Astrologia, o autoconhecimento e o vento das mudanças

    Os escritos astrológicos com seus signos, planetas e temas não são um livro de auto-ajuda que vai te mostrar tudo que você tem a fazer, ou o que não tem. Enquanto astrólogo posso observar através desse conhecimento as tendências na vida, as qualidades individuais, os desafios ao longo do tempo, a forma de agir perante a vida e como se relaciona com o karma e missão.

    Júpiter em Peixes

    E o planeta júpiter no signo de Peixes pode fazer uma expansão nas qualidade e defeitos do signo de Peixes, favorece a maior momento de compaixão e de generosidade. Uma abertura para a fé, religiosidade ou espiritualidade. Um grande poder de imaginação, momentos de acesso ao poder intuitivo e psíquico.

    Os Planetas e os Luminares na visão Kármica e Esotérica – Parte 2

    Continuando a visão esotérica dos planetas, agora fazendo uma reflexão sobre os planetas transpessoais ou planetas exteriores. Júpiter age como uma ponte para os planetas exteriores: Saturno, Urano, Netuno e Plutão.

    Os Planetas e os Luminares na visão Kármica e Esotérica – Parte 1

    os Planetas são o que há de mais importante na Astrologia, pois representam as energias de nossa personalidade e também a forma que nos expressamos diante do mundo. Por conta disso gostaria de discorrer um pouco sobre os planetas nessa perspectiva kármica. Primeiramente os chamados planetas pessoais, que são Mercúrio, Vênus, Marte além dos luminares Sol e Lua.

    Planetas pessoais trazendo a música das esferas e o campo da magia

    A prática da Magia exige um bom conhecimento das leis ocultas da natureza. Requer também um conhecimento profundo da astrologia, a fim de se entender os momentos propícios para as operações, as horas planetárias, os ciclos da natureza e conhecimentos das estrelas.

    Aldebarã – Estrelas Fixas na Astrologia Cármica

    A partir de um sonho com grandes possibilidades de ser esclarecedor e... Me reencontrei com as chamadas “Estrelas fixas”, como elementos bastante significativos para a interpretação astrológica. Os astrólogos e os magos da Pérsia já as conheciam e as usavam na arte de interpretação. Na Mesopotâmia as estrelas foram distinguidas em relação aos planetas, sendo chamadas de estrelas fixas, enquanto os planetas eram chamados de errantes.

    A Nova Era diante dos trânsitos astrológicos

    Gostaria de trazer a tona algumas questões baseando-me nos trânsitos planetários dos chamados planetas externos, que são: Júpiter, Saturno, Urano Netuno e Plutão

    Astrologia como instrumento para penetrar nos Mistérios

    Eu não entendo a Astrologia como mero e único papel de ver a previsão diária e anual. Claro que isso faz parte, é uma das características da Astrologia. Penso que ela deve ser experimentada como um papel de maior grandeza que a ela é reservada pelo Incognoscível.

    Vênus e Saturno, Quem Governa o Ano?

    Quando começou o ano de 2021, na minha observação diária de acontecimentos, fatos e expectativas, fiquei diante de perspectivas de momentos tensos e difíceis, alertados por várias correntes de opinião, correntes de pensamentos, filosóficas e espirituais.

    Ainda Saturno e Júpiter

    A 20 de março de 2700, ao amanhecer, O Sol não está mais alinhado à constelação de Peixes, mas também não se alinhou à constelação de Aquário. Está em transição de um ponto ao outro, mas por convenção já podemos definir isso como “Era de Aquário”

    Tempos de Eclipse

    Os acontecimentos astrológicos atuais trazem uma necessidade de reflexão sobre a intensidade do momento de agora no planeta. Onde é Luz, onde é sombra? Como refletimos sobre elas? Isso me remete a uma antiga inquietação.